Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 20 de maio de 2021

"Gatos" desativados no primeiro trimestre dariam para abastecer Feira de Santana um mês


 A Coelba recuperou cerca de 72 milhões de kWh de energia com as ações da “Operação Varredura” no primeiro trimestre de 2021. Esse volume é suficiente para abastecer a cidade de Feira de Santana durante um mês.  


De janeiro a março, os técnicos da concessionária realizaram 86 mil inspeções e desativaram 29 mil irregularidades em todo o estado.  Em Salvador e Região Metropolitana foram 18 mil inspeções e 11 mil ligações irregulares identificadas. 


Entre os casos mais recentes está uma fábrica de plásticos em Amélia Rodrigues, na última segunda-feira (17).  A unidade foi flagrada pela polícia civil, com apoio dos técnicos da Coelba, com o equipamento de medição violado para manipular o registro do consumo real da energia. 


A irregularidade foi desativada e o equipamento violado foi encaminhado para perícia. O gerente da fábrica foi conduzido para a delegacia de Amélia Rodrigues para prestar esclarecimentos. O proprietário fugiu do local, mas irá responder pelo crime de furto. Estima-se que a fraude ocorria há pelo menos onze meses, com o volume recuperado acima de 500 mil quilowatts-hora (kWh), suficiente para abastecer o município de Teodoro Sampaio por um mês ou 4.600 residências durante o mês. 


O furto de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cuja pena pode alcançar até oito anos de reclusão. Além de representar riscos de acidentes graves à população, a energia furtada também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode provocar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos. 


COMO DENUCIAR


A Coelba reforça a importância da denúncia de fraudes e furtos de energia. O apoio da comunidade é essencial para identificar os desvios e acionar a distribuidora. As denúncias são feitas de forma anônima, através do telefone 116 ou pelo site www.coelba.com.br, na parte de Serviços, na aba Denúncia de Irregularidade.

 


SEGURANÇA


As operações de fiscalização também são realizadas com o apoio da Secretária de Segurança Pública, em todo o estado, e tem como objetivo conscientizar a população sobre os riscos e impactos das irregularidades.


A Coelba reforça que quem faz ligação clandestina corre o risco de sofrer acidentes graves, pois envolve a manipulação de circuitos energizados. Os técnicos da Coelba recebem horas de treinamentos específicos para atuar na rede elétrica. 


 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑