Seja bem-vindo. Hoje é

sábado, 5 de junho de 2021

Descarte correto do lixo ajuda cidadãos a evitar doenças



Os bons hábitos de higiene e a manutenção de um ambiente limpo contribuem de forma significativa para reduzir a incidência de doenças relacionadas aos resíduos domiciliares. Isso porque os materiais descartados de forma inadequada promovem condições favoráveis para a proliferação de ratos, baratas e, principalmente, para o agente transmissor da dengue, zika e chikungunya – o Aedes aegypti.


Considerando apenas o lixo domiciliar, diariamente, a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) coleta cerca de 2,8 mil toneladas de resíduos e uma parte desse montante é encontrada em locais fora dos pontos de coleta, podendo causar graves ameaças à saúde pública da população, a exemplo das arboviroses.


“A Operação Dengue, em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), é uma das nossas frentes de trabalho em que nossos agentes realizam serviços como limpeza de encostas, coletas de entulho e materiais inservíveis com o objetivo de eliminar possíveis focos de proliferação do mosquito. É importante que a população também faça sua parte, evitando o descarte irregular desses materiais”, destacou o presidente da Limpurb, Omar Gordilho.


O médico do trabalho que atua na Limpurb, Francisco Bragança, completou que a limpeza é um fator determinante para evitar várias enfermidades. “Ações simples como lavar bem as mãos, não andar descalço e limpar bem as superfícies com bastante contato, a exemplo de maçanetas e pisos, são fundamentais para não desenvolver alguma doença. Por isso, é importante que a população cultive bons hábitos de higiene, acondicione corretamente os resíduos e contribua para a manutenção da limpeza da cidade”, destacou Bragança.


Descarte correto – A orientação da Limpurb é que o descarte seja feito próximo ao horário da coleta. O lixo domiciliar deve ser deixado na frente da casa ou nas caixas estacionárias (contêineres), nos bairros que dispõem desses coletores, e próximo ao horário em que o caminhão compactador passa para fazer a coleta.


É fundamental também fazer o descarte nos dias corretos, pois há locais da cidade onde a coleta é feita em dias alternados. O resíduo deve estar acondicionado em saco plástico bem amarrado para que não seja espalhado por animais.


Além da coleta convencional feita por compactadores, minicompactadores e triciclos (quando as ruas são mais estreitas), a Limpurb dispõe de dois ecopontos para recebimento de materiais volumosos, a exemplo de carcaça, móveis, eletrodomésticos inservíveis e resíduos da construção civil. Uma dessas estruturas fica no Itaigara, na Rua Wanderley de Pinho, s/n, atrás do Hiper Posto BR. O outro ecoponto está localizado na Rua Alto do Abaeté, em Itapuã, próximo à sede do bloco afro Malê Debalê.

Foto: Jefferson Peixoto/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑