Seja bem-vindo. Hoje é

domingo, 6 de junho de 2021

Mostra Artesanato da Capoeira: Ancestralidade e Resistência



 

Os instrumentos musicais serão comercializados durante a mostra

 


Berimbaus, atabaques, agogôs, pandeiros, xequerês e reco-recos são algumas das criações dos mestres-artesãos e capoeristas Lua Rasta e Olavo da Bahia reunidos na mostra Artesanato da Capoeira: Ancestralidade e Resistência, em cartaz até 10 de junho, no Centro de Comercialização do Artesanato da Bahia (Largo do Porto da Barra, 02, Salvador). A mostra, idealizada como parte das comemorações do Dia da África (25/05), pode ser visitada de segunda a sexta, das 10h às 18h, e sábado, das 10h às 16h, e todos os produtos estão disponíveis para comercialização. 



Além de ganharem a exposição de seus trabalhos, Mestre Lua e Mestre Olavo receberam a Carteira Nacional de Mestre-Artesão, emitida pelo Programa do Artesanato Brasileiro.  Realizada pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte– SETRE, através da Coordenação de Fomento ao Artesanato, e pela Associação Fábrica Cultural, a mostra faz parte da ação Maio do Artesanato da Capoeira, promovida em parceria com o coletivo Capoeira em Movimento Bahia. 



SOBRE OS MESTRES


Mestre Lua Rasta começou fazendo manutenção em atabaques para apresentações de teatro e se dividia entre o Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, fazendo apresentações de capoeira. Com cerca de 20 anos, quando viveu em Genebra, passou a viver da capoeira: fazendo instrumentos, apresentações e dando aulas. Viajou por vários países, conhecendo instrumentos e aprendendo a fazê-los. Especialista na construção de instrumentos percussivos, mantém um ateliê no Centro Histórico, onde compartilha seu conhecimento como artesão, luthier e capoeirista.



Mestre Olavo da Bahia nasceu na cidade de Muritiba e aprendeu a fabricação de berimbaus com Mestre Waldemar da Paixão, em Salvador, por volta dos anos 1960. Foi Mestre Waldemar que introduziu a corda de aço e a pintura das cabaças, ensinamentos que Olavo incorporou ao seu trabalho, além de incluir inovações, como a pirogravura. É considerado um dos maiores construtores e tocadores de berimbau da atualidade.



 


SERVIÇO:


Mostra Artesanato da Capoeira: Ancestralidade e Resistência


Datas: até o dia 10 de junho


Horários: de segunda a sexta, das 10h às 18h; sábado, das 10h às 16h


Local: Centro de Comercialização do Artesanato da Bahia (Largo do Porto da Barra, n. 02, Barra, Salvador)


Curadoria: Nadja Miranda


 

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑