Seja bem-vindo. Hoje é

quinta-feira, 28 de outubro de 2021

Painel da Transalvador alerta para número de acidentes com motos

 


Com o objetivo de sensibilizar e conscientizar os motociclistas, a Superintendência de Trânsito de Salvador (Transalvador), em parceria com a Iniciativa Bloomberg de Segurança Viária Global, instalou um painel na Avenida Bonocô, sentido Acesso Norte. O painel faz uma contagem mensal do número de motociclistas vítimas de acidentes, para servir como um alerta a este público, que tem a maior taxa de mortalidade no trânsito de Salvador.

 

Com dados atualizados, a peça foi implantada durante a realização da Semana Nacional do Trânsito de 2021, entre 18 e 26 de setembro, para informar a quantidade de acidentes envolvendo motociclistas.

 

De janeiro a setembro deste ano, 30 motociclistas morreram e 1.386 ficaram feridos em acidentes de trânsito. As vias da cidade que registram o maior número de motociclistas mortos e feridos são as avenidas Paralela, Afrânio Peixoto, Antônio Carlos Magalhães e Mário Leal Ferreira (Bonocô).

 

O superintendente da Transalvador, Marcus Passos, explica que diante do aumento no número de motos circulando na cidade, desde o início da pandemia e consequentemente, do número maior de acidentes, o órgão de trânsito viu a necessidade de fazer mais ações voltadas para os motociclistas.

 

“Observamos que excesso de velocidade, desrespeito ao sinal vermelho e a outras sinalizações são os principais abusos cometidos pelos motociclistas em Salvador. Essas condutas perigosas colocam em risco a integridade dos mesmos e devem ser evitadas. Assim, o painel serve como um alerta, para conscientizar este público a agir de forma segura no trânsito e a se preservar”, explica o superintendente.


 

As infrações cometidas pelos motociclistas, entre os meses de janeiro e setembro de 2021, tiveram redução em comparação ao mesmo período de 2020. Neste ano, o número chegou a pouco mais de 31 mil. No ano passado, foram quase 41 mil. A principal infração cometida foi transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, com mais de 17 mil notificações, em 2021, e mais de 27 mil em 2020.

 

Cuidados – O estudante Carlos Ribeiro pilota moto há três anos. Aos 27 anos, trabalha como motoboy para aplicativos e alerta para os cuidados necessários para evitar acidentes. Ele, que já se envolveu em colisões no trânsito, hoje procura ter mais atenção ao trafegar pelas vias da cidade.

 

Os principais cuidados destacados pelo motociclista são não andar em alta velocidade, evitar manobras perigosas, redobrar a atenção em época de chuva e atenção ao usar o freio. Outro ponto alertado por ele é sobre o uso de celular. “A galera gosta de usar celular em moto e acho isso muito arriscado, eu evito ao máximo, pois já tive colegas que sofreram acidente por essa razão”. 

 

O também estudante Jefferson Cerqueira pilota moto há cinco anos. Ele já sofreu três acidentes e, em um deles, fraturou o ligamento da perna direita, um trauma que ficou para toda a vida. Hoje, procura ter atenção a todo o momento, olhando para todos os lados, tanto para o passeio e para pedestres, quanto para condutores de outros veículos, a fim de que percebam a sua presença. “Acho que os condutores de outros veículos e pedestres também precisam ser conscientizados, pois em diversas ocasiões o problema é ocasionado por eles”.

 

Vivo na Moto – Ao longo deste ano, a Transalvador tem promovido ações de conscientização nas ruas da capital baiana e mantém, permanentemente, desde 2019, um programa de educação para o trânsito chamado Vivo na Moto. No programa, a autarquia já promoveu diversas ações pontuais voltadas a esses condutores.

 

Essas iniciativas visam a conscientização e previsão de acidentes. Dentre as ações estão palestras, cursos gratuitos de pilotagem segura, ações de comunicação de massa, distribuição de materiais e jornais educativos, rodas de bate papo em bairros, autoescolas com grupos de motociclistas.

 

A autarquia também realiza constantes ações de fiscalização, para coibir infrações de trânsito, que são as principais geradoras de acidentes, muitos deles fatais. Ainda com o objetivo de evitar infrações, a superintendência promove blitze em conjunto com outros órgãos, incluindo a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal, visando inibir condutas irresponsáveis no trânsito.


 Fotos: Jefferson Peixoto/Secom


0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑