Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 20 de novembro de 2018

Fábrica de Musicais promove oficina sobre criação de trilhas sonoras



Mais uma etapa da Fábrica de Musicais, iniciativa da Fundação Gregório de Mattos (FGM), com o objetivo de promover o intercâmbio entre artistas locais e de outras regiões do país para fomentar esse gênero, aconteceu na tarde desta terça-feira (13), no Teatro Gregório de Mattos, localizado na Praça Castro Alves. Foi realizada a oficina Criação de Trilhas Sonoras e Plataformas Musicais, com o produtor, arranjador e diretor musical Yacoce Simões.

Na oficina, que foi aberta a 50 pessoas, profissionais de diversas áreas, incluindo setores fora da arte, ouviram o que Yacoce tinha a dizer e compartilhar. A segunda parte do curso sobre trilhas sonoras será realizada nesta quarta-feira (14). "O objetivo desta oficina de hoje é trazer uma luz pra quem pretende abrir seu campo musical pra criação de trilhas. Através do compartilhamento de experiências sobre o que é um músico migrar pra área de atuação diversa, shows, publicidade, quais são os desafios que eles têm ao trazer o universo musical pro campo do teatro, da arte, que tem algumas especificidades", explicou Yacoce Simões.

A artista Odete Cardoso, de 58 anos, conhece bem essas especificidades das quais Yacoce tanto fala. Ela, que saiu de Itororó, no Sul da Bahia, para Salvador, Rio de Janeiro e até Paris, para viver da arte, espera conseguir fazer parte do espetáculo Sonho de Uma Noite de Verão, peça baseada na adaptação de Adriana Falcão da peça de William Shakespeare. "Acredito que vou sair daqui levando uma boa experiência. Ele é um grande músico, um 'artista de nome' na cidade. Nunca tive a oportunidade de tocar com ele, nem conhecê-lo pessoalmente. É uma coisa muito primorosa o que ele faz", acredita Odete.

Subjetivo e objetivo - Antes de dar início à oficina, Yacoce Simões não conhecia os alunos que chegariam ao Teatro Gregório de Mattos. Mas ele sabia de uma coisa: essas pessoas tinham que estar abertas à mistura entre subjetividade e objetividade. "Porque é um processo criativo, que naturalmente demanda uma interpretação. A pessoa que faz a trilha é alguém que capta aquelas sensações através do ouvido, tem que ser capaz de interpretar o que um roteiro, diretor 'tá' querendo, e não jogar apenas sua vontade no processo. Não só entender a subjetividade, mas ser capaz de transformar objetivamente um produto que faça parte em um contexto de forma coerente", explica.

A cantora e violinista Geovanna Costa, 40, acredita ser uma dessas pessoas que Yacoce descreve; ela admite criar uma alta expectativa para participar da montagem do espetáculo. "Sou da área da música, espero que essa oficina venha a agregar muito pro meu trabalho e pro espetáculo. Quem sabe eu seja selecionada? Espero muito que role. Tô torcendo, acompanhando, me aprimorando também", confessa.

Programação:

Mesa-redonda

17/11 – 14h às 17h - Produção de Musicais no Brasil e no Mundo, com Tânia Nardini (coreógrafa, diretora e produtora de musicais, tendo sido responsável pelas montagens de O Rei Leão e Chicago ao redor do mundo) e Clayton Marques (produtor e diretor assistente de João Falcão, que vai expor um pouco do trabalho específico desenvolvido por este artista pernambucano).

Laboratórios interativos

17/11 – 18h às 21h - Produção de Musicais no Brasil e no Mundo, com Tânia Nardini e Clayton Marques com o objetivo de aproximar as pessoas do exercício criativo da organização para a produção de espetáculos teatrais.

26/11 – 14h às 21h - O Intérprete nos Musicais, com Laila Garin, que vai promover um exercício coletivo com alguns exemplos práticos e dicas para um bom andamento dos trabalhos de criação de personagem e de manutenção da técnica vocal.

Oficinas

14/11 – 15h às 19h - Criação de Trilhas Sonoras e Plataformas Musicais, com Yacoce Simões – 1 turma para 50 pessoas.

20 e 21/11 - 15h às 19h - Áudio e Microfonista, com Andrea Zeni – 1 turma de 50 pessoas.

27 a 30/11 – 15h às 19h - Preparação e Interpretação Vocal, com Angelo Rafael e Carlos Eduardo Santos – 2 turmas para 40 pessoas cada.

04 a 07/12 – 15 às 19h - Corpo e Coreografia, com Roberto Montenegro – 2 turmas para 40 pessoas cada.
a

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑