Seja bem-vindo. Hoje é

terça-feira, 9 de junho de 2020

Relacionamento com leveza: Dicas para casais enfrentarem a quarentena

O dia dos namorados está chegando e, com o isolamento social, muitos casais vão precisar inovar no momento de comemorar a data. Para muitos, será a primeira vez estando separados, não só no dia, mas já há alguns meses. Por outro lado, há também um aumento no número de términos e divórcios desde que começou a pandemia de Coronavírus. Leonor Guimarães, professora do curso de psicologia da UNIFACS, conta como essa situação pode afetar o relacionamento entre os casais.  

“Primeiro de tudo, é preciso entender que nós estamos numa situação de crise, que nos tira da rotina. Só o fato de estarmos fora do cotidiano já altera todo o funcionamento psíquico. É um cenário propício para produção de ansiedade, de estresse, de irritação”, afirma Leonor. De acordo com ela, para quem está vivenciando esse momento separado, os problemas têm mais relação com a angústia que esse afastamento causa. “Se são pessoas que têm um laço afetivo, que gostam de estar próximas, isso causa uma situação de estresse. Como há distância, existe uma cobrança muito maior, em relação ao contato, por mensagem, para manter essa interação mesmo que à distância”, conta.   

Neste caso, segundo ela, as possibilidades seriam: manter a regularidade de comunicação, seja por troca de mensagens ou chamada de vídeo, buscar o autoconhecimento e exercitar a confiança no outro. “É tentar estar ali para a outra pessoa, ouvir o problema dela” sugere. Outra iniciativa que pode ser adotada é projetar coisas para o futuro. “Ter objetivos comuns une pessoas distantes e traz uma perspectiva positiva para o pós-isolamento “, elucida a professora Leonor. 



Os casados 

No outro extremo, estão os casais que estão sendo obrigados a passar mais tempo juntos que o habitual. Além de todo o estresse decorrente do confinamento, de ter que se dividir entre o home office e as tarefas domésticas, alguns até com filhos demandando atenção, Leonor acredita que há um outro fator somado a tudo isso. “Os casais estão tendo que se defrontar com o outro que era desconhecido, o outro que tem defeitos, que tem alguns hábitos e muitas vezes isso não era percebido por causa do trabalho, da rotina”.   

Nesses casos, ela aconselha estabelecer uma rotina saudável, em que exista o tempo para o home office, para os filhos e para o casal. Praticar atividades criativas juntos, como preparar uma refeição, assistir a um filme ou jogar com os filhos. Dividir as atividades domésticas. “Outro ponto importante é moderar o uso dos eletrônicos. Estar presente de verdade. Ter um tempo para escutar o outro plenamente”, sugere Leonor.   

Outra recomendação é usar essa oportunidade para encontrar afinidades, descobrir pontos positivos no outro. “Tentar exercitar a tolerância, diminuir os debates, as discussões e entender que estamos numa situação que é estressante para todos. Tentar descomplicar e exercitar a leveza na relação através do abraço, do carinho, do olhar de admiração”.   

0 comentários :

 
SALVADOR NOTÍCIAS - Notícias, Reportagens, Cultura e Entretenimento.
Todos os direitos reservados desde 2003-2019 / Salvador - Bahia / . Contato: redacao@salvadornoticias.com
- Topo ↑